onnix@onnix.com.br

 

(51) 2136.7575

 

(Ouvidoria) 0800 7017576

 

Rua General Câmara, 243 Conj. 502 

Porto Alegre/RS - Brasil
google maps

Swap Cambial Reverso

 

No leilão de contratos de "swap cambial reverso", as instituições financeiras que compram esses contratos recebem uma taxa de juros. O Banco Central, que vende os papéis, ganha a variação cambial do período de validade dos contratos. Esses títulos são chamados de "reversos" porque o mais comum é o Banco Central receber uma taxa de juros e pagar a variação do câmbio. Nos contratos de "swap" (troca, em inglês), cada uma das pontas que o negociam se compromete a pagar a oscilação de uma taxa ou um ativo (no caso do contrato cambial, as mudanças no dólar). A colocação desses contratos no mercado pelo Banco Central equivale à compra de dólares no mercado futuro. Por isso, a moeda americana sobe quando a instituição faz o leilão. É como se houvesse aumentado a demanda pela moeda americana. O aumento das expectativas, especialmente por parte dos estrangeiros, da continuidade da apreciação do real, tem ajudado a manter o dólar em baixos níveis. Como essas apostas são feitas no mercado futuro, a atuação do BC acaba por equilibrar um pouco o processo.