onnix@onnix.com.br

 

(51) 2136.7575

 

(Ouvidoria) 0800 7017576

 

Rua General Câmara, 243 Conj. 502 

Porto Alegre/RS - Brasil
google maps

Entendendo o mercado cambial

Embora seja corriqueiro ouvir falar em mercado cambial, câmbio, cotação de moeda estrangeira, a maioria das pessoas não tem sequer as informações básicas sobre este setor. Diferentemente da Bolsa de Valores, o mercado cambial não tem um local físico onde as negociações acontecem.

Quem opera

Bancos, corretoras, agências de turismo, distribuidoras e meios de hospedagem são os agentes que fazem o mercado existir e comprar ou vender para qualquer pessoa que precisa de moeda estrangeira. Para que a operação seja efetuada, os agentes devem ser autorizados pelo Banco Central.

Fazer câmbio

Quando uma pessoa vai viajar para outro país, precisa “fazer câmbio”, ou seja, comprar a moeda do país de destino. Embora não exista impedimento legal em levar reais para vender no país a ser visitado, não é em todo lugar que se conseguirá fazer o câmbio, por isso, o mais indicado é adquirir a moeda do país de destino antes da viagem.

Taxa de câmbio

A taxa de câmbio é uma relação entre moedas de dois países que resulta no preço de uma delas medido em relação à outra. Mas, além de expressar quantitativamente a condição de troca entre duas moedas, a taxa de câmbio expressa as relações de troca entre dois países. O câmbio é uma das variáveis macroeconômicas mais importantes, sobretudo para as relações comerciais e financeiras de um país com o conjunto dos demais países.

Compra e venda

Qualquer pessoa pode comprar ou vender moeda estrangeira em uma instituição autoriza, tanto pessoa física como jurídica. A maioria das operações já possui prévia autorização do banco Central, que regula e fiscaliza o mercado de câmbio. Quando não existe regulamenta expressa sobre alguma operação, é necessário que o Bacen autoriza antes da sua realização.

Não é poupança

Vale lembrar que não é permitido comprar moeda estrangeira para fins de poupança. Tanto que, ao retornar de uma viagem, o correto é vender o que sobrou em uma instituição autorizada. Caso haja interesse em investir no mercado cambial, porque o dólar, por exemplo, está baixo, aplique em fundos cambiais, pois eles acompanham a variação da moeda americana.