onnix@onnix.com.br

 

(51) 2136.7575

 

(Ouvidoria) 0800 7017576

 

Rua General Câmara, 243 Conj. 502 

Porto Alegre/RS - Brasil
google maps

CMN reduz meta de inflação para 2020

O Conselho Monetário Nacional (CMN) fixou a meta de inflação para 2019 em 4,25% e reduziu a meta de 2020 para 4,20%. Como consequência, o mercado diminuiu suas expectativas em relação ao IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) também para 4,00%.

O mercado aposta que o Banco Central manterá sua política de inflação baixa, seguindo o que prevê o CMN, por isso, segue a mesma tendência.

Para o chefe adjunto no Departamento Econômico do BC, Renato Baldini, a transparência do banco reduz as incertezas, tanto no mercado como na sociedade. Com isso, o mercado e os empresários passam a considerar a previsão de inflação futura na condução e administração dos negócios.

Embora não baste fazer uma previsão otimista, pois o mercado entende que as políticas monetárias e fiscais devem ser bem conduzidas, os números projetados se refletem positivamente até na hora de reajustar preços, em razão das expectativas de inflação menor.

Segundo Baldini, as classes menos favorecidas conseguem se proteger melhor com inflação mais baixa, ao contrário dos momentos em que há elevação, portanto, o impacto social é significativo. Sem contar a preservação do poder de compra da sociedade.